sexta-feira, 21 de julho de 2017

SINDICATOS DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE MACEIÓ VÃO REALIZAR PROTESTO EM FAVOR DO REAJUSTE SALARIAL



Representantes de sindicatos de várias categorias da prefeitura de Maceió, dentre elas dos Guardas Municipais, se reuniram na Central Única dos Trabalhadores (CUT-AL), na noite de ontem (20/07), para discutir a realização de novas mobilizações visando pressionar o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), a chegar a um entendimento referente ao reajuste salarial desse ano.

As lideranças deliberaram realizar um grande ato de protesto no próximo dia 25 de julho - terça-feira - às 15:00 horas, no sinal da Casa Vieira, no bairro do Farol. 

Além de terem tido a data-base desrespeitada pelo governo municipal – janeiro 2017 – a prefeitura também não teria cumprido prazo acordado de seis meses para apresentar proposta às entidades sindicais, por essa razão os servidores acabaram decretando greve por tempo indeterminado, movimento que foi questionado na justiça pelo governo e considerado ilegal.
GM NOTÍCIA-AL

quarta-feira, 19 de julho de 2017

ENCONTRADO GUARDA MUNICIPAL DE MACEIÓ DESAPARECIDO DESDE A TARDE DE TERÇA-FEIRA (18/07)

O Guarda Municipal de Maceió, Cleif Ricardo dos Santos Alves, que havia sido dado como desaparecido por familiares desde a tarde de ontem, foi encontrado na manhã desta quarta-feira (19/07), no trevo de acesso a Praia do Gunga, no município de Roteiro, há 33 km de Maceió.

Cleif Ricardo, que já foi presidente do Sindicato dos Guardas Municipais de Alagoas, teria sido encontrado com sinais de espancamento em várias partes do corpo e visivelmente atordoado, embora consciente. O mesmo teria sido vítima de um sequestro relâmpago.

Uma viatura da Polícia Militar teria conduzido o Guarda Municipal até o Hospital Geral em Maceió onde o mesmo recebeu os primeiros atendimentos, sendo liberado horas depois e conduzido a sua residência por familiares.

O caso deverá receber a atenção da Divisão Anti-sequestro da Polícia Civil alagoana.

Tão logo o GM NOTÍCIA-AL consiga manter contato com Cleif Ricardo divulgará maiores informações com riquezas de detalhes sobre essa ocorrência.
GM NOTÍCIA-AL

EX-PRESIDENTE DO SINDICATO DOS GUARDAS MUNICIPAIS DESAPARECE EM MACEIÓ



O ex-presidente do Sindicato dos Guardas Municipais de Maceió, Cleif Ricardo Alves dos Santos, 43, está desaparecido há quase 24 horas. A família está desesperada e não sabe ao que atribuir o sumiço.

Segundo a mulher de Cleif, ele foi deixado por ela nessa terça (18) dentro do Supermercado G Barbosa instalado no bairro da Serraria. O marido iria encontrar um amigo e posteriormente resolver pendências bancárias. Cleif mora com a mulher e a mãe no Conjunto Salvador Lyra, na parte alta da cidade.

Perguntada se o marido enfrentava algum tipo de problema pessoal, Joice disse apenas que ele estava preocupado com o orçamento apertado, mas nada que justificasse o desaparecimento. Desde ontem, Joice peregrina pelo IML, Hospital Geral do Estado e Central de Flagrantes, sem nenhuma informação do marido.

A jovem foi orientada a ir ao supermercado e solicitar as imagens do circuito de segurança, além de ir ao banco saber se o marido fez alguma movimentação bancária. Apesar dos esforços, e por não ter completado 24 horas do desaparecimento, a polícia ainda não entrou oficialmente no caso.

Qualquer informação sobre o paradeiro do guarda pode ser repassada para (82) 988093032 (Branco) 988532916 (Isidoro).
Fonte: Alagoas 24 horas

terça-feira, 18 de julho de 2017

NOTA AOS SEGUIDORES E LEITORES



Os operadores do GM NOTÍCIA-AL informa aos seguidores e leitores em geral que, diante de alguns comentários ofensivos chegados para moderação, direcionados a membros da categoria de Guardas Municipais, que se reserva no direito de não publicar tais comentários ofensivos contra quem quer que seja.

Lembra que o GM NOTÍCIA-AL é um espaço democrático que foi criado com o único objetivo de divulgar ações das Guardas Municipais de Alagoas e, sobre tudo, servir como um canal de notícias para veiculação de conteúdos relacionados à segurança pública e do interesse da categoria.

Ressalta que, rigorosamente o Blog tem aberto espaço visando assegurar o direito de igualdade, o contraditório e à ampla defesa quando, em algumas publicações, faz críticas construtivas, cita nomes de ocupantes de cargos públicos ou de representantes de instituições e órgãos representativos, como Sindicatos e Associações, por exemplo.

Reitera que o Blog sempre estará aberto para aqueles que desejarem se manifestar, desde que tal manifestação transcorra de forma respeitosa, sem atingir a imagem ou a honra de quem quer que seja.
  
Por fim, reitera que, os comentários enviados para moderação e posterior publicação devem ser feito constando a devida identificação de seus autores.

AGRADECEMOS PELA COMPREENSÃO.

SEM GUARDAS MUNICIPAIS, PRÉDIOS PÚBLICOS CONTINUARÃO SENDO DEPREDADOS EM MACEIÓ

Os maceioenses ficaram perplexos, nessa segunda-feira (18/07), com a notícia do abandono e consequente depredação de um prédio público histórico, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), situado na Rua Melo Moraes, na Praça dos Martírios, o qual já foi sede da prefeitura e recentemente abrigou a Secretária Municipal de Assistência Social (Semas).

Segundo nota divulgada pela Secretária Municipal de Assistência Social (SEMAS), o prédio centenário vinha sendo monitorado apenas por câmeras, no entanto, vândalos teriam danificado tais equipamentos. A nota diz ainda que a prefeitura estuda a possibilidade de revitalização do prédio que deverá abrigar futuras instalações da Secretaria Municipal de Cultura.

Mesmo sendo conhecedor do número expressivo de prédios públicos que se encontram à mercê do vandalismo pela falta de Guardas Municipais, pelo fato do órgão se encontrar há mais de 16 anos sem realizar concurso, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), durante visita a obras na Praça da Faculdade, na manhã desta segunda-feira (18/070), ao ser indagado sobre a depredação do prédio, disse que a sua “indignação foi à mesma de quem viu a situação daquele prédio”. Dá para entender.

A ineficiência da vigilância eletrônica nos prédios públicos de Maceió já foi comprovada dada aos inúmeros casos de depredação e furto dos equipamentos, dinheiro público que só serviu para abastecer setores que atuam nesse mercado, enquanto poderiam ter sido investidos no reaparelhamento e na capacitação dos Guardas Municipais, que, vergonhosamente, pleiteiam a regularização do porte de arma de fogo por mais de 14 anos. ´

Enquanto o prédio centenário tinha água potável, banheiro e energia elétrica, ninguém percebeu a importância da prestação dos serviços dos Guardas Municipais, agora, quando o prédio se encontra depredado e em condições insalubres lembraram que é importante manter os GMs guarnecendo o local. Um absurdo.  
GM NOTÍCIA-AL    


ENTENDA POR QUE POLICIAIS QUE ATUAM EM MACEIÓ AMEAÇAM PARAR DE PRENDER BANDIDOS

Quando o policial prende um suspeito em flagrante por ter cometido um crime o mesmo é conduzido a um delegado de Polícia Civil, que ouve testemunhas, vitimas, o próprio acusado, chegando a colhe, às vezes, a confissão do criminoso. Em seguida, o suspeito é conduzido a um juiz plantonista que avalia se há ou não necessidade de o autor do crime permanecer preso.

É exatamente nessas audiências de custódias que bandidos de alta periculosidade estariam tirando proveito para relatar ao juiz terem sido espancados e torturados para confessarem crimes que não teriam praticado com o intuito de se livrarem da prisão. Eles, os bandidos, ao serem pegos em flagrantes, estariam reagindo à prisão numa tentativa de sofrerem pequenas escoriações visando usar tais hematomas em seu favor na frente do magistrado.  
  
A decisão de alguns juízes de botar frente a frente, durante essas audiências, o acusado e os policiais que efetuaram sua prisão, tem gerado insatisfação aos agentes de segurança pública que classificam tal situação como sendo constrangedora diante de um magistrado e promotor público.

O álibi usado pelos bandidos diante do juiz para se livrar da prisão já teria dado certo em várias situações e teria deixado Policiais Militares indignados. Um último caso teria ocorrido na semana passada onde a PM teria prendido em flagrante um suspeito de ter praticado assaltos a uma farmácia na Ponta Verde e a uma loja de tintas no Poço. O preso teria dito ao magistrado ter sido coagido e espancado. Acreditando na versão do suspeito, o juiz teria mandado chamar o comandante do batalhão e o colocado frente à afrente com o acusado que mais uma vez reiterou ter sido coagido.

Mesmo decretando a prisão preventiva do acusado, o magistrado não aliviou para os policiais, determinou que fosse aberto processo investigatório para apurar o que chamou de “graves acusações” contra os policiais, e teria notificado o comando da PM, o Secretário Estadual de Segurança, a Comissão de Direitos Humanos, o Conselho Estadual de Segurança e ao governador do estado, a apurar tais acusações.

Verdade ou não, já que os fatos que envolvem as partes deverão ser apurados com rigor, fica o alerta para os Guardas Municipais alagoanos ao efetuarem prisões no exercício da profissão.
GM NOTÍCIA-AL   

RENAN FILHO COMEÇA ORGANIZAR CONCURSO PARA PM E BOMBEIRO

O governo estadual já deu início ao processo para a realização de concurso público para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Caberá ao Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação, Seleção, e Promoção de Eventos (Cespe/Cebraspe), organizar o Certame. Em entrevista concedida a imprensa no início desse ano, Renan Filho disse que o concurso para a segurança pública, esse ano, pode chegar a 1.150 vagas.

GM NOTÍCIA-AL

segunda-feira, 17 de julho de 2017

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO EMITE NOTA SOBRE GMs METRALHADOS EM ASSALTO

A Prefeitura de São José do Rio Preto enviou a imprensa uma nota em que afirma que a preocupação do prefeito Edinho Araújo é com a recuperação dos agentes da Guarda Civil Municipal feridos e apoio à família do estudante morto por bandidos após um assalto na manhã deste sábado, 15, no Centro de Rio Preto.

Questionada sobre a falta de armas para os policiais da GCM, a prefeitura afirmou que "questões como essa não devem ser discutidas neste momento de grande comoção". Informou ainda que o prefeito "está em contato permanente com os comandos da Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Municipal para as providências que se fizerem necessárias para o esclarecimento do caso".

Veja a nota na íntegra:

"A única preocupação do prefeito Edinho Araújo neste momento é com a recuperação dos agentes da GCM e o apoio à família do jovem morto. Questões como essa não devem ser discutidas neste momento de grande comoção. O prefeito Edinho Araújo está em contato permanente com os comandos da Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Civil Municipal para as providências que se fizerem necessárias para o esclarecimento do caso. O prefeito afirma que os guardas foram vítimas enquanto trabalhavam para proteger a comunidade."

Entenda o caso

Os disparos aconteceram depois que ladrões tentaram assaltar a joalheria Constantini, na rua Siqueira Campos. Agentes da Guarda Civil Municipal que faziam patrulhamento pelo local abordaram os criminosos, que revidaram com disparos. Os dois guardas estavam equipados apenas com armas de choque.

Além do tiro que atingiu Pedro Henrique, três disparos acertaram um guarda municipal, que foi levado em estado grave para a Santa Casa, e um outro atingiu uma guarda feminina, que também teve de ser socorrida e levada ao Hospital de Base

Os bandidos fugiram, deixando no local um carro cheio de munições. A Polícia Militar faz buscas pela cidade, inclusive com apoio do helicóptero Águia, para localizar os criminosos.