sábado, 30 de abril de 2016

GMs QUE ADERIRAM À GREVE TIVERAM O ADICIONAL NOTURNO CORTADO



Uma pequena parcela de bravos guerreiros que decidiram aderir 100% a greve em detrimento da luta por melhores condições de vida e trabalho tiveram o adicional noturno cortado nesse mês de abril.

Durante a manhã deste sábado (30/04), alguns desses Guardas Municipais discutiram se a suspensão do adicional estaria ou não inclusa na ata do acordo firmado entre o governo municipal e os sindicatos, na última audiência realizada no TJ-AL.

Na audiência de conciliação, realizada no dia 16 de março desse ano, diante do Desembargador Alcides Gusmão, os sindicatos questionaram o governo municipal quanto à possibilidade de haver cortes durante a paralisação, naquela ocasião, o Procurador Geral chegou a esclarecer que o governo obedeceria aos procedimentos legais de modo a evitar práticas anti-sindicais, ou seja, não haveria cortes ou perseguições aos servidores grevistas.

Na próxima segunda-feira (02/05), o caso deverá ser levado ao conhecimento do sindicato da categoria que deverá se posicionar sobre o corte.
GM NOTÍCIA-AL  

sexta-feira, 29 de abril de 2016

GMs DE MACEIÓ VÃO À JUSTIÇA BUSCAR PROGRESSÃO FUNCIONAL E RECEBIMENTO DE RETROATIVOS



Um grupo formado por seis Guardas Municipais se reuniu com a assessoria jurídica do Sindicato da categoria, na tarde desta sexta-feira (29/04), para discutir detalhes de uma ação judicial que será movida contra a prefeitura de Maceió, nos próximos dias, visando buscar progressões funcionais e o recebimento de retroativos que deixaram de ser pagos dentro dos prazos previstos em lei.

Os Guardas relataram ao GM NOTÍCIA-AL que estão com pedidos de progressão funcional parados junto a Secretaria Municipal de Administração de Maceió há mais de 6 anos, e que não há a mínima perspectiva de haver execução de tais processos, igualmente o pagamento de retroativos, tanto no decorrer desse ano quanto em 2017. “Diante de todo esse descaso não está descartada a possibilidade de levarmos um calote dessa gestão caso o prefeito de Maceió não consiga se reeleger nas eleições de outubro”. Alertou um dos GMs.

No último dia 12 de abril, outro grupo de Guardas Municipais, que também não conseguiu progredir administrativamente, teve o pedido de progressão por titulação e recebimento de retroativos aceito pelo Juiz de Direito da 14ª Vara Cível da Capital, Antônio Emanuel Dória Ferreira, que entendeu ter havido de fato descumprimento, por parte da prefeitura, do Plano de Cargos e Carreira dos Servidores Municipais (Lei nº 4974/2000).

Um dirigente sindical informou ao GM NOTÍCIA-AL que tem sido crescente o número de Guardas Municipais que tem procurado a assessoria do Sindicato querendo ingressar na justiça para ter seus direitos respeitados.
GM NOTÍCIA-AL

INSPETORA DA GUARDA MUNICIPAL DE MACEIÓ É ESCOLHIDA PARA CONDUZIR A TOCHA OLÍMPICA



A Inspetora Simone Lima, que atualmente comanda o Grupo de Ação e Apoio Operacional (GAAO), informou ao blogueiro, GM Isidoro, durante a audiência pública realizada na Assembleia Legislativa, na manhã desta sexta-feira (29/04), que foi escolhida para transportar a Tocha Olímpica durante sua passagem por Maceió.

Vale ressaltar que, paz, união e amizade são os conceitos atribuídos a Chama Olímpica, passada de pessoa a pessoa pela Tocha Olímpica, responsável por levar além das cidades-sede a mensagem do evento, que reúne atletas do mundo todo com um único objetivo: mostrar que o esporte é um dos meios mais eficazes na busca de trabalho em equipe.

Atleta velocista, Simone Lima é uma colecionadora de medalhas. São 87 medalhas conquistadas nos últimos quatro anos, em competições locais, nacionais e internacionais. Na Irlanda do Norte, em 2015, Simone conquistou medalha de ouro nos 200 metros rasos no Wold Police & Fire Games, competição que envolveu atletas da Segurança Pública de 80 países.

A Chama Olímpica chegará a Maceió no dia 29 de maio, e passará pelas mãos de 111 pessoas, entre os bairros de Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca, Cruz das Almas, Serraria, Barro Duro, Murilópolis, Gruta, Farol, Centro e Jaraguá.
GM NOTÍCIA-AL

GUARDAS MUNICIPAIS LOTAM PLENÁRIO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PARA ACOMPANHAR SESSÃO PÚBLICA


Guardas Municipais de Alagoas lotaram o Plenário da Assembleia Legislativa, na manhã desta sexta-feira (29/04), para acompanhar as discussões sobre o lançamento da Frente Parlamentar das Guardas Municipais de Alagoas.

A sessão foi presidida pelo deputado Ronaldo Medeiros (PMDB), que também foi o autor do projeto e do requerimento que propôs a realização da sessão.
  
O deputado destacou que, a Frente Parlamentar das Guardas Municipais de Alagoas chega num momento oportuno em que os índices de violência e da criminalidade no estado vêm tendo uma redução significativa. O parlamentar frisou ainda que o objetivo dessa Frente é dar apoio às Guardas Municipais de Alagoas para que possam melhor contribuir com as demais forças policiais.

Vários temas relacionados aos Guardas Municipais de Alagoas foram debatidos durante a sessão pública, dentre os quais, destacamos: o porte de arma; criação de um centro de formação; plano de cargos com carreira única; reaparelhamento das Guardas Municipais; unificação das ações com as demais polícias.

Os palestrantes do Estado de São Paulo, Erik Aparecido e Michel da Silva , fizeram uma breve explanação das experiências positivas vivenciadas no exercício da profissão no estado. Destacaram projetos que foram implantados e que vem dando certo e beneficiando a população paulista.

A frente parlamentar deverá ser composta por nove deputados, um terço da Assembleia sendo representada e contará  com deputados de todos os segmentos e das diversas regiões do Estado, de acordo com o projeto de criação.

Segundo Denilma Cavalcante, integrante da comissão da Audiência pública, a Guarda Municipal representa um novo modelo de fazer segurança. “Segurança requer prevenção e precisamos de apoio. É importante a presença de todos os membros da sociedade”, observou.

Ao final da sessão, foi redigida uma carta com as propostas apresentadas pelos representantes das Guardas Municipais, documento esse que será encaminhado à Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) e ao Governo do Estado para elaboração de uma agenda que possibilite uma maior participação das Guardas na segurança pública.

A titular da SEMSC, Mônica Suruagy, reconheceu a importância da sessão pública realizada no Legislativo, destacou a necessidade das Guardas Municipais e dos poderes permanecerem juntos e integrados, e frisou a importância do Parlamento em ouvir os gestores que estão à frente da segurança municipal em cada município de Alagoas.  
A sessão publica contou com o reforço de palestrantes convidados: Marcos Daniel, especialista em segurança pública; Alfredo dos Santos Mesquita, Juiz da 5ª Vara Criminal da Comarca de Arapiraca; Erik Aparecido da Silva, Guarda Municipal de São Paulo; Michel da Silva Alves, Advogado e consultor Jurídico.
GM NOTÍCIA-AL