sexta-feira, 31 de março de 2017

GMs DE MACEIÓ QUE ATUAVAM NA OPLIT SÃO REINTEGRADOS AS FILEIRAS DA GUARDA MUNICIPAL

Cerca de quinze Guardas Municipais que vinham atuando na Operação Policial Litorânea (OPLIT), foram devolvidos ao quadro da Guarda Municipal para serem realocados.

De acordo com a escala de serviço do mês de abril, publicada no Dário Oficial desta sexta-feira (31/03), os GMs passarão a integrar o recém-criado grupamento de Ronda Ostensiva Municipal (ROMU).

A criação da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU), aconteceu através da Portaria nº 028, publicada no Diário Oficial de quinta-feira, 30 de março. Os GMs integrantes da ROMU se incumbirão de prestar serviços de apoio e suporte às ocorrências de maior complexidade em toda a capital Maceió.

O surgimento da Ronda Ostensiva Municipal repercutiu em meio à categoria nas redes sociais. Aguardando a regularização do porte de arma desde o início da primeira gestão de Rui Palmeira, muitos GMs foram contra a criação da Ronda Ostensiva. Antes de irem as ruas fazer patrulhamento preventivo, eles defendem a retomada da capacitação para o porte de arma e a aquisição de armamento por parte da prefeitura. O aumento do efetivo através de concurso público também foi cobrado pelos GMs.     

Especializados em lidar com tropas com o efetivo reduzido, os militares que hoje comandam a SEMSC, vem gradativamente fazendo ajustes no efetivo da Guarda Municipal numa tentativa de dar mais projeção às ações operacionais da instituição. A SEMSC já trouxe de volta para suas fileiras, os GMs que guarneciam a Câmara Municipal e os que atuavam na OPLIT, restam agora os que estão à disposição do poder judiciário.

Alguns GMs acreditam que uma futura medida da cúpula da SEMSC para lidar com o baixo efetivo na Guarda Municipal será implantar o chamado bico remunerado. GMs voluntários aproveitariam o horário de folga para prestar serviço remunerado. Caso esse modelo venha a ser adotado, com certeza não haverá mais perspectivas de aumento de efetivo via concurso público no decorrer da gestão de Rui Palmeira.
GM NOTÍCIA-AL

terça-feira, 28 de março de 2017

TITULAR DA SEMSC CONVOCA GMs COM FORMAÇÃO MUSICAL PARA INTEGRAR BANDA DE MÚSICA QUE SERÁ REATIVADA

O Secretário Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social, Ivon Berto, publicou portaria no Diário Oficial desta terça-feira (28/03), convocando Guardas Municipais que tenham formação musical e queiram integrar a Banda de Música.

A intenção de Ivon Berto é de selecionar, nesse primeiro momento, 25 Guardas Municipais que passarão a exercer a atividade exclusiva de músico, sem participar da escala de serviço.

Os GMs interessados serão submetidos a testes que comprovem a aptidão em instrumentos musicais definidos na Portaria, tais como, Trompete, Trombone, Clarinete, Sax alto, dentre outros.

Os Guardas Municipais interessados em compor a Banda terão entre os dias 3 e 5 de abril para comparecerem no auditório da SEMSC, no horário das 08:00hs às 11:30hs, onde serão submetidos a uma banca examinadora.

A Banda de Música da Guarda Municipal de Maceió foi criada através da Lei nº 5.421, no dia 23 de dezembro de 2004. Com o quadro efetivo da Guarda entrando em declínio por falta de concurso público, após alguns anos de atuação, a Banda veio a ser desativada e os GMs músicos realocados.

Com essa nova perspectiva de renascimento da Banda, resta a Ivon Berto trabalhar para que essa sua decisão seja duradoura e não venha se transformar em um mero ato administrativo no futuro. A realização de concurso público para aumentar o efetivo da Guarda Municipal é sem dúvidas o único remédio que prevenirá essa nova Banda de mais uma extinção.  
GM NOTÍCIA-AL 

NOTA DO BLOG

Tem chegado a este Blog, para moderação e posterior publicação, dezenas de comentários sobre as mais variadas temáticas veiculadas nesse espaço, toda via, os autores de tais comentários, por razões desconhecidas, tem optado por permanecerem no anonimato não assinando seus comentários, por essa razão os operadores do GM NOTÍCIA-AL decidiram não mais postar comentários que não tragam a devida identificação de seus autores.

GM NOTÍCIA-AL

GOVERNO TEMER FIXOU PRAZO DE SEIS MESES PARA QUE ESTADOS E MUNICÍPIOS FAÇAM SUAS REFORMAS PREVIDENCIÁRIAS

SE NÃO CUMPRIREM ESSE PRAZO GMs E DEMAIS SERVIDORES SERÃO AUTOMATICAMENTE INCLUSOS NA REFORMA GERAL. GOVERNO DISSE QUE ESSA PROPOSTA PARTIU DOS PRÓPRIOS DEPUTADOS

Os Guardas Municipais e os demais profissionais da segurança pública, que chegaram a comemorar a exclusão do plano geral da reforma da previdência, se surpreenderam, na manhã desta terça-feira (28/03), com a notícia de que o governo Temer voltou atrás e resolveu fixar um prazo de seis meses para que os estados e municípios façam suas próprias reformas previdenciárias. Essa decisão teria sido tomada no dia de ontem, em Brasília.

O comodismo dos próprios servidores e das entidades representativas – Sindicatos, Associações, Centrais Sindicais, Federações e Confederações – pode ter contribuído para que houvesse essa reviravolta. Desde que se iniciaram as discussões a cerca da reforma pouquíssimas manifestações contrárias foram realizadas pelas categorias da segurança pública. Com esse presente de grego vindo de deputados e do governo Temer, quem sabe consigamos realizar um grande ato de protesto envolvendo Guardas Municipais, Policiais Civis, Federais e Rodoviários, Agentes Penitenciários, Peritos Criminais, entre outros.   

Todos há de concordar com esse blogueiro que, de seis anos para cá passamos a girar a roda do tempo no sentido inverso, ao invés de unirmos forças e lutarmos por novos direitos nos acomodamos e passamos a lutar pela manutenção de direitos já adquiridos.

Estamos acumulando perdas salariais por dois anos consecutivos. Continuamos aguardando, sem perspectivas, pelas progressões por titulação. Não temos estimativas de quando iremos receber os nossos retroativos. Estamos indo a justiça para ter direito a aposentadoria especial por exercer atividade de risco. A Lei nº 13.022/14 entrou em vigor em 2014 e até então não conseguimos um plano de carreira única e nem o porte de arma. O nosso efetivo está estagnado a mais de dezesseis anos por falta de concurso público. Sem um centro de formação, estamos pagando do bolso para nos capacitarmos. Para nos defendermos estamos comprando nossas próprias armas. Algo precisa ser feito.

Igualmente na administração municipal, no Poder Judiciário também é crescente o número de ações judiciais pedindo que a prefeitura de Maceió execute direitos previstos em lei, conquistas que não foram e continuam não sendo respeitadas pelo gestor municipal.
GM NOTÍCIA-AL

domingo, 26 de março de 2017

GUARDA MUNICIPAL PRENDE SUSPEITO DE ROUBAR MOTO EM SÃO MIGUEL DOS CAMPOS

Uma ação da Guarda Municipal de São Miguel dos Campos resultou na interceptação de uma motocicleta modelo POP (Placa OHD-1779 – Penedo), que estava com um suspeito identificado inicialmente como Henrique dos Santos Gomes, de 21 anos, vulgo “biscoito”.

A ação da guarda aconteceu depois de uma denúncia anônima de que o veículo teria sido subtraído do seu proprietário, há 15 dias, nas imediações da Rua da Bica. A denúncia dava conta que as peças do veículo estariam sendo comercializadas pelo suspeito.

Segundo informações colhidas no local, o suspeito teria sido reconhecido pelo proprietário da moto, que imediatamente acionou a guarda.

O acusado a princípio negou a veracidade da denúncia, mas após insistência dos guardas ele acabou confessando o crime e apontou onde estariam as outras partes da moto roubada.
Fonte: Alagoas 24 horas