sexta-feira, 19 de maio de 2017

GUARDAS MUNICIPAIS ALAGOANOS VÃO A BRASÍLIA REFORÇAR LUTA PELA INCLUSÃO DA CATEGORIA NA REFORMA DA PREVIDÊNCIA


Uma caravana composta por Guardas Municipais de Maceió e de outros municípios de Alagoas viajaram até Brasília, essa semana, para participar de ato contra a reforma da previdência.

Os Guardas Municipais de todo o país não foram inclusos no texto que concedeu regime especial de aposentadoria para algumas categorias que integram a segurança pública.

Na expectativa de conseguir apoio de um partido político que pudesse apresentar destaque no plenário propondo a inclusão da categoria no regime diferenciado das aposentadorias, os Guardas visitaram gabinetes de vários parlamentares.   

A visitação dos GMs aos parlamentares também visou buscar apoio para que no dia da votação em plenário da reforma da previdência a categoria conseguisse 308 votos, toda via, as lideranças dos Guardas Municipais esperam superar esse número no dia da votação.

De forma justa, as lideranças da categoria fizeram questão de ressaltar o apoio e a parceria de alguns deputados que contribuíram para a obtenção do destaque que poderá incluir os GMs no regime diferenciado, dentre eles Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) e Govair Arantes (PTB-GO).

A sorte pode estar rondando os Guardas Municipais. A acusação feita pelos donos do frigorífico JBS contra o presidente Michel Temer, no dia de ontem (17/05), de que o mesmo teria dado aval para que os empresários comprassem o silencia do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, na Operação Lava Jato, pode vir a favorecer os GMs já que a tramitação das reformas foram suspensas.

Horas após o vazamento das denúncias contra Temer, parlamentares da oposição e da base aliada afirmaram que não iriam mais apoiar os projetos de reforma, dentre eles o da previdência, coso as denúncias contra Temer se confirmassem, ou seja, em decorrência desse episódio pode haver mudanças significativas no texto da reforma o que dará mais tempo os GMs de todo o Brasil para se incluírem na proposta.
GM NOTÍCIA-AL

Nenhum comentário: