quarta-feira, 29 de outubro de 2014

PREFEITO DE MACEIÓ NÃO CUMPRIU ACORDO E OS GMs PODERÃO PARALISAR MAIS UMA VEZ

Como já se esperava os Guardas Municipais de Maceió, juntamente com os demais servidores, poderão entrar em greve mais uma vez. O Prefeito Rui Palmeira não teria cumprido o acordo firmado com os servidores no Tribunal de Justiça o que gerou indignação generalizada meio aos servidores municipais e sindicalistas que dizem já não acreditar em mais nada que venha a ser proposto ou acordado com o prefeito Rui Palmeira e sua equipe administrativa.

Nesta sexta-feira (31), às 9hs, uma grande assembleia geral unificada será realizada na Praça Deodoro, em frente ao Tribunal de Justiça, de onde mais uma vez os Guardas Municipais irão decidir se paralisam ou não as atividades. Isso é uma vergonha.
Fonte: GM NOTÍCIAL-AL


Veja Edital de convocação publicado pelo SINDGUARDA-AL.


quinta-feira, 23 de outubro de 2014

ELEIÇÕES PARA O SINDGUARDA/AL ACONTECERÁ EM NOVEMBRO

O presidente do SINDGUARDA-AL publicou no jornal Tribuna de Alagoas, na edição desta quinta-feira (21), edital convocando os Guardas Municipais de Alagoas, filiados ao sindicato, para participar da eleição que irá eleger a diretoria que administrará a entidade por mais um mandato. 

Conforme edital veiculado, a eleição acontecerá no dia 21 de novembro de 2014, no horário das 8hs às 17hs. Urnas coletoras de votos serão instaladas na sede social do sindicato e no pátio da sede da Guarda Municipal em Maceió. Já a coleta de votos dos Guardas Municipais do interior e região metropolitana se dará através de urnas itinerantes.

Os GMs sindicalizados que tiverem interesse de participar dessa eleição deverão registrar a sua chapa junto à comissão eleitoral a qual já foi instalada na sede social da entidade e se encontra atendendo no horário das 8hs às 12hs e da 14hs às 16hs.
SINDGUARDA-AL

      



ATENÇÃO GUARDAS MUNICIPAIS DE MACEIÓ!!!

O PREFEITO RUI PALMEIRA DESCUMPRIU MAIS
UM ACORDO COM OS SERVIDORES

Numa demonstração de falta de respeito para com os Servidores Municipais, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, descumpriu, mais uma vez, o acordo firmado no TJ perante o Desembargador, Domingos de Araújo Neto, suspendendo a implantação das progressões na folha desse mês de outubro e o pagamento dos retroativos previstos para novembro e dezembro de 2014, e janeiro e fevereiro de 2015, conforme havia sido proposto pelo próprio prefeito em audiência no TJ.

Desde a realização da última audiência realizada no TJ e do fim do movimento grevista, tem sido cada vez mais difícil estabelecer diálogo com membros da equipe de governo do prefeito que já não conseguem garantir a execução de direitos básicos dos servidores previstos em lei, como por exemplo, as progressões por mérito e titulação que deveriam acontecer automaticamente.

Numa tentativa de reverter esse quadro, na manhã desta sexta-feira 24/10, o SINDGUARDA-AL juntamente com os demais sindicatos que representam o funcionalismo estará no Tribunal de Justiça onde tentará conversar com o Desembargador Domingos de Araújo Neto.

Ainda nessa sexta-feira (24), os sindicatos estarão definindo o dia, hora e local para a realização de uma nova assembleia geral unificada dos servidores para que a categoria possa reavaliar esse quadro.

Vale ressaltar que a comissão de avaliação da Guarda Municipal concluiu as avaliações e enviou a relação nominal dos Guardas Municipais aptos a progredir dentro do prazo previsto, relação essa que se encontra a disposição dos companheiros para consulta na sede do sindicato.

SINDGUARDA-AL

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

PREFEITURA DE MACEIÓ CANCELA MAIS UMA REUNIÃO COM SINDICATOS



Os sindicatos que representam o grosso do funcionalismo de Maceió adicionaram a coleção, nesta quarta-feira (15), mais um cancelamento de reunião com membros da Comissão Permanente de Negociação da prefeitura de Maceió.

Na pauta desse encontro, segundo alguns sindicalistas, estava à retirada de faltas de frequências, a fixação de calendário para progressões por titulações, assinatura do último acordo firmado no TJ, entre outros pontos do interesse dos servidores.

Essa lamentável demonstração de falta de respeito e consideração para com os sindicatos, por parte de alguns membros da equipe de governo do prefeito de Maceió, só tem alimentado a indignação dos servidores que já não acreditam em mais nada do que é acordado ou mesmo prometido pelo prefeito.

Parece que já passou da hora de o prefeito tomar as rédeas desse processo e tratar esse pacote de incertezas que tem envolvido os servidores municipais como um verdadeiro administrador.
Fonte: GM NOTÍCIAL-AL  



terça-feira, 14 de outubro de 2014

EX-PREFEITO DE ATALAIA AFASTADO PELO TRE-AL DEIXA GMs SEM O SALÁRIO DE SETEMBRO

Os Guardas Municipais de Atalaia se reuniram em assembleia geral no pátio da prefeitura, na manhã de terça-feira (14), para cobrar do então prefeito recém-empossado, José Lopes (PSD), o pagamento do salário do mês de setembro o qual deixou de ser pago aos servidores pelo ex-prefeito afastado do cargo pelo TRE-AL, Manoel da Silva (PTB), que responde por prática de atos de improbidade administrativa. Além do salário de setembro os Guardas também querem receber o 13º salário e o terço de férias que também se encontram pendentes.

Os secretários de finanças e administrativo do SINDGUARDA-AL, GMs Isidoro e Elinaldo, passaram toda a manhã de terça-feira no município de Atalaia, reunidos com os Guardas Municipais, com o vereador Marcos Rebollo (PRTB) e com membros da equipe de governo do prefeito José Lopes, tentando encontrar uma solução para o problema.

Uma das dificuldades apontada pela equipe técnica do prefeito José Lopes, para efetuar o pagamento do salário de setembro aos Guardas Municipais é que o comandante da Guarda que pertencia à gestão anterior não teria deixado qualquer documento que viesse comprovar a prestação de serviço por parte dos Guardas no mês de setembro, como por exemplo, escalas de trabalho, planilha para pagamento de horas extras, etc.

Após reunião com o procurador da prefeitura e posterior localização do ex-comandante da Guarda Municipal o qual se comprometeu em apresentar os documentos exigidos pelo o atual prefeito é que foi possível estabelecer um acordo visando o pagamento do salário aos GMs, no entanto, o pagamento só será concretização após o procurador analisar tais documentos e isso deverá acontecer já na manhã desta quarta-feira (15).

Quanto ao pagamento do 13º salário e de parcelas do terço de férias que também não foram pagos pelo prefeito afastado, o SINDGUARDA-AL propôs ao atual gestor pagar o 13º na folha de novembro e dividir o pagamento do terço de férias em três parcelas. A proposta, que foi aprovada pela categoria, foi recebida pelo procurador da prefeitura que posteriormente deverá se posicionar sobre o pleito.
Fonte: GM NOTÍCIAL-AL  

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

O 10 DE OUTUBRO DEVE SER UM DIA DE LUTA POR MELHORIAS

GMs de Maceió na luta por melhorias - 2014.
Nesta sexta-feira, 10 de outubro, os munícipes comemoram o Dia Nacional do Guarda Municipal, trata-se de uma data simbólica para essa importante categoria que lamentavelmente ainda presta seus relevantes serviços à sociedade de forma oprimida e discriminada. São baixos salários, condições precárias de trabalho, ausência de logística, desvalorização na carreira, aposentadoria incompatível, em fim, trata-se de profissionais da segurança que ainda carecem, na maior parte do país, de reconhecimento e valorização, e é por essa razão que os Guardas Municipais de todo o Brasil devem dar as mãos e se organizar para transformar essa data no dia de luta, dizendo não a presença de militares na administração das Guardas, pedindo carreira única e valorização profissional, cobrando o uso de arma de fogo como instrumento de trabalho, reivindicando o reaparelhamento logístico
para trabalhar de forma segura.

Ainda que de forma gradativa as conquistas têm surgido e os sindicatos e associações tem cumprido bem o seu papel representativo, igualmente os sites e blogs operados por companheiros GMs que tem se encarregado de divulgar as nossas ações positivas pelo mundo a fora. Tamanho tem sido esse esforço que deve ser reconhecido, incentivado e, sobretudo apoiado por nós Guardas Municipais, e é com essa consciência de que devemos lutar para melhorarmos a nossa qualidade de vida e as condições de trabalho que o BLOG GM NOTÍCIA-AL parabeniza os Guardas Municipais de Alagoas e do Brasil pela passagem do dia 10 de outubro.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

PERSEGUIÇÃO POLÍTICA: PREFEITO RUI PALMEIRA DEVERÁ IMPEDIR PROGRESSÃO DE SINDICALISTAS



ESSA MEDIDA ATINGIRÁ TAMBÉM OS REPRESENTANTES DE ASSOCIAÇÕES

De acordo com informações repassadas ao BLOG GM NOTÍCIA-AL por dirigentes do SINDGUARDA-AL, na manhã desta quarta-feira (8), o prefeito de Maceió Rui Palmeira deverá impedir que dirigentes sindicais e representantes de associações licenciados e que representam o funcionalismo público de Maceió progridam por mérito na tabela salarial. Essa medida deverá ser publicada no Diário Oficial de amanhã (quinta-feira) através de parecer expedido pela Procuradoria Geral.

Caso essa exclusão venha a se concretizar ficará claro a prática de perseguição política aos sindicalistas como forma de retaliação pelo movimento de greve que recentemente foi deflagrado pelos sindicatos.

A concretização dessa medida, se tratando da Guarda Municipal, ferirá o Estatuto dos Guardas Municipais (Lei nº 5.421/2004), o qual assegura aos GMs licenciados em sindicatos e associações o direito de igualdade quanto a promoções na carreira, participação de cursos de capacitação e aperfeiçoamento. O legislador entendeu que esses profissionais devem estar em condições de exercer a função ao retornarem para a atividade fim.
Fonte: GM NOTÍCIA-AL

sábado, 4 de outubro de 2014

AGENTES DA GUARDA MUNICIPAL VÃO ATUAR NAS ELEIÇÕES DESTE ANO



Cerca de 200 servidores da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Cidadania (Semsc) atuarão nas eleições do próximo domingo (05). Agentes da Guarda Municipal irão reforçar o trabalho da Polícia Militar de Alagoas na guarda de urnas nas escolas da rede municipal de ensino que funcionarão como locais de votação.

A atuação da guarda começa no sábado (4), quando o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) inicia a distribuição das urnas para as sessões da capital. “A solicitação partiu da Polícia Militar e recebeu a anuência do prefeito Rui Palmeira”, enfatizou o gestor da Semsc, Edmilson Cavalcante.

Além da guarda das urnas, a Secretaria está integrando o Comitê Estadual que vai acompanhar todo o processo eleitoral. A comissão é vinculada à Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e conta com a participação dos órgãos da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Perícia Oficial. “Estaremos atuando efetivamente nas eleições do próximo domingo, acompanhando o que acontece em Alagoas e, especialmente, na capital”, destacou o secretário.
Fonte: GAZETAWEB